Páginas

sábado, 19 de outubro de 2019

3ª Mostra do Filme Marginal

A Funarte MG, no Centro de Belo Horizonte, é um dos centros culturais que recebem, de 16 a 20 de outubro, uma exibição de 118 filmes não incluídos nos circuitos da grande indústria audiovisual: a 3ª Mostra do Filme Marginal. 

O evento reúne obras cinematográficas das mais variadas estéticas e temáticas – que tem, como ponto comum, conteúdos críticos e que estimulam a reflexão sobre questões sociais, como informam os realizadores da Mostra – pela primeira vez na capital mineira, nesta terceira edição. O objetivo da iniciativa é dar visibilidade à produção do cinema independente e a produções ditas “marginais” em relação aos grandes circuitos. 

Não competitiva, a exposição se caracteriza por disponibilizar os filmes em favelas e periferias. Além da Funarte MG a exibição terá espaço no Galpão Cine Horto (no bairro de mesmo nome), no Centro Cultural Alto Vera Cruz, no Muquifu, museu comunitário no Morro do Papagaio (comunidade na Zona Sul), e no Usina da Cultura, em Ipiranga. A Mostra do Filme Marginal já teve uma edição no Rio de Janeiro, capital, e uma em Salvador (BA). Até 20/10

Endereço: Funarte MG – Rua Januária, 68 – Belo Horizonte (MG)

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Conselho Superior de Cinema: reunião em 2019

Conselho Superior de Cinema: reunião em 2019

O Conselho Superior de Cinema (CSC), órgão responsável pela formulação de políticas e diretrizes para o audiovisual brasileiro, realizou, nesta quarta-feira (16), a primeira reunião desde julho de 2019. 
Foto: Clara Angeleas

De acordo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o encontro destinou-se à apresentação dos novos integrantes e à retomada das reuniões do Conselho.

“Os integrantes discutiram as possibilidades de pauta para as próximas reuniões. Também acertamos de o Ministério da Cidadania definir uma lista para escolha dos integrantes do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual”, informou Terra. Segundo o Ministro, o Conselho vai se reunir novamente no dia 12 de novembro. 

Conselho Superior de Cinema

Criado em 2001, o Conselho Superior do Cinema é um órgão colegiado, cujas competências vão desde a formulação da política nacional do cinema e a aprovação de diretrizes gerais para desenvolver o audiovisual até o estímulo à presença de produções brasileiras nos diversos segmentos de mercado. 

terça-feira, 15 de outubro de 2019

exposição ‘Marca da Terra’, sobre a gastronomia de SP

Inaugurada nesta segunda-feira (14), no Palácio dos Bandeirantes, a exposição “Marca da Terra”, até 17 de novembro. 


Integrante do SP Gastronomia, evento do Governo de São Paulo que reúne atrações gastronômicas em 16 regiões do Estado durante o mês de outubro, a mostra apresenta peças do Acervo dos Palácios e 40 imagens dos fotógrafos Delfim Martins, Rodrigo Bari, Henrique Peron e Iara Venanzi, que têm como referência a culinária.

Cervo 

Do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios estão expostas porcelanas francesas da primeira metade do século XX e utensílios domésticos como bule e moedor de café, entre outros. As fotografias fazem referência aos ingredientes, sabores, agricultura e culinária regional de São Paulo.

Os profissionais convidados para a mostra já tinham seu trabalho voltado ao tema. O português Delfim Martins, radicado na capital paulista há cerca de 60 anos, é um deles. Fotógrafo profissional desde 1973, ele se especializou em fotografia agrícola, construindo um vasto acervo sobre a produção de alimentos no Brasil. O profissional tem o trabalho publicado em dezenas de livros sobre o tema no Brasil e no exterior.

A exposição “Marca da Terra” fica em cartaz de 15 de outubro a 17 de novembro. A programação completa de ações do SP Gastronomia está disponível no PORTAL

Serviço

Exposição ‘Marca da Terra’
Período: 15 de outubro a 17 de novembro de 2019
Local: Palácio dos Bandeirantes
Endereço: Avenida Morumbi, 4.500 (entrada pelo Portão 2) – Morumbi – São Paulo
Visitas: de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h (de hora em hora), com permanência até 17h
Orientações: Chegar com antecedência de 15 minutos para apresentação de documento oficial com foto e preenchimento do cadastro de visitante
Todas as visitas são acompanhadas por educadores
Entrada gratuita

Informações: (11) 2193-8282/8623

Solicitação de agendamento: 

14ª Bienal Internacional de Curitiba

Refletir sobre as fronteiras e suas delimitações, ainda que sejam as fronteiras das instituições e das diferentes expressões artísticas, além das territoriais 
Realizada na república de Curitiba com
Lei Rouanet, sem reclamações dos
críticos da mesma sobre outros
eventos ou artistas patrocinados
pela Rouanet

Este é o objetivo da 14ª Bienal de Curitiba que, ao celebrar 26 anos, traz obras de mais de 400 artistas oriundos de 45 países. A mostra conta com o apoio do Ministério da Cidadania, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – o evento já conseguiu captar R$ 400 mil, dos R$ 3,6 milhões autorizados.

A mostra homenageia os países do BRICS, bloco político-comercial que, além do Brasil, que está na presidência temporária este ano, agrega Rússia, Índia, China e África do Sul. Durante a reunião de ministros da Cultura do BRICS, realizada no dia 11 de outubro nas instalações do Museu Oscar Niemeyer, uma das sedes da bienal, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, destacou a importância do evento.

A mostra está em todos os espaços da capital paranaense, além de contar com atividades em outras cidades brasileiras, como Cascavel, Londrina, Florianópolis e Brasília. Fora do País, o evento tem sede em Buenos Aires e Rosário, na Argentina; em Montevidéu, no Uruguai; em Cheng Du, na China; e em Paris, na França. Ao todo, serão 1.300 espaços ocupados pela Bienal, cujas atividades tiveram início em maio deste ano. A programação se estende até março de 2020.

Incentivo Fiscal - Lei Rouanet

Por meio do mecanismo de incentivo fiscal, criado em 1991 pela Lei 8.313 – a Lei Federal de Incentivo à Cultura -, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos, exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural. O valor investido, total ou parcial, é abatido do imposto de renda.


Período de exibição: 22 de setembro de 2019 a 1º de março de 2020.
Museu Oscar Niemeyer (MON)
Endereço: Rua Marechal Hermes 999, Centro Cívico – Curitiba, PR

Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

Venda de ingressos e acesso às salas de exposição até 17h30

Telefone: (41) 3350-4400

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Pablo Vittar: "Líder da próxima Geração" diz revista Time

Importante revista norte-americana, Time,  inclui Pabllo Vittar em lista de "Líderes da Próxima Geração". O destaque foi publicado nesta quinta-feira passada, em sua lista bianual a drag queen e ativista LGBT+ brasileira Pabllo Vittar como uma das 10 pessoas jovens que estão “mudando o mundo”.

Pabllo Vittar, 24 anos, foi incluído ao lado de outras estrelas em ascensão no mundo, como o rapper britânico Stormzy, na seleção “Next Generation Leaders” (Líderes da Próxima Geração).

Pabllo, que se identifica como gay e genderfluid, se tornou uma sensação na internet nos últimos anos, conquistando meio bilhão de reproduções no Spotify e um bilhão de visualizações no Youtube, além de somar nove milhões de seguidores no Instagram.